BEM-VINDO!!!

Aonde fores, por onde fores, encontrarás palavras. Nem sempre tão belas. Mas podes torná-las melhores que
são. Um abraço! Marcio Campos

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Jorge e Zélia

Atender a seu pedido é honra para mim esse menino que não cresceu.
Mas falar de Jorge sem Zélia para mim é triste.
Ela me deu "Um Chapéu para Viagem". E com ela navego em Jorge.
Não posso me desfrutar de uma Tenda dos milagres sem lembrar dos meus descaminhos e me encontrar ali em uma religião das diferenças, dos diferentes.
Não posso enfrentar Tereza Batista, mesmo cansada de Guerra com seu dentão de ouro tirado por Zélia.
Lívia, porque não me alivias a dor de encontrar o Guma que morre, mas renasce em meu coração?
Dá uma vontade de ser Tieta e Transgredir o mundo para ser feliz.
Não me apetece ser Dona Flor, mas um para amar e outro para pagar... Será?
Mais vale um Vadinho, vadio, que um Quincas.
Afinal "defunto bom é morto".
Mas anarquia de vez em quando é bom.
Mesmo que seja Ernesto o que seduz todos os tipos.
Na Bahia de Todos os Santos de vez em quando é melhor rezar, ou melhor rogar.
Dá uma vontade de viajar com  O Cavaleiro da Esperança pelas Terras do Sem Fim e quem sabe encontrar aquele que só na lua aparece, São Jorge de Ilhéus, e em ilhas viajar sonhando com o melhor fim.
Sem fim é O amor do soldado viajando pelos Os Subterrâneos da Liberdade (Os ásperos tempos, Agonia da noite e A Luz do Túnel) e ali encontrar a solução par os devaneios da humanidade.
Luz, ali na Bahia de todos os santos, encontrarás mesmo que, a Seara Vermelha,seja.
Aqui, dentre Os Velhos marinheiros, sou um de Os Pastores da Noite que navega nesta estrada, Estrada do Mar.  
Mar, amar, contar... e de vez em quando fazer uma  Tocaia Grande para matar coronéis de cacau.
Vestir  Farda, Fardão e Camisola de Dormir e sonhar com o O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá em O Menino Grapiúna que gosta de A Bola e o Goleiro e faz do jogo de bolinha de gude seu intento de infância.
Atender-te fez-me excluir algumas obras mas, As Mortes e o Triunfo de Rosalina, coadunem com Philadelpho a encontrarem-se em, O mundo de Paz do da Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Iasmin Cruz disse...

Oi, seu texto foi enviado fora da hora, infelizmente não poderá participar, realmente sinto muito, pois é um belo texto, mas regras são regras e seria injusto com os outros.
Eu iria ate publica-lo mas ele não antendia a regra de ter a frase no fim. você não pois o link do concurso.
Eu sinto muito mesmo, te espero na próxima.